Notícias
Professora é solta e se diz arrependida


16/02/2011 - Jornal do Commercio

A professora de matemática Cristiane Barreiras, 33 anos, condenada a 12 anos de prisão por ter namorado uma aluna de 13, deixou o presídio Bangu 7, na Zona Oeste do Rio, ontem. Cristiane foi condenada por estupro de vulnerável (ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 anos). Ela, que se diz arrependida, foi solta graças a um habeas corpus concedido pelo Tribunal de Justiça na última quinta-feira. Os desembargadores entenderam que sua prisão em flagrante foi ilegal – seus familiares teriam ligado para a polícia dizendo que ela se entregaria e receberam a orientação para que ela esperasse até ser escoltada para a delegacia. Lá, teriam registrado a prisão como flagrante. Até as 19h de ontem (18h no Recife), o Ministério Público ainda não havia recorrido da decisão na Justiça.

Outras Notícias: