Artigos
Grupo discute aborto e temas contra a vida


Dalton Torres

Atualmente, 50 milhões de abortos são realizados no mundo

Valendo-se de pesquisas que apontam que o aborto tornou-se uma indústria lucrativa em todo o mundo, e movidos pela certeza de que isto é uma “indignidade que se comete contra uma criatura humana indefesa”, um grupo articulado anuncia-se contrário a esta prática. Assim, o Comitê Pernambuco da Cidadania Pela Vida (CPV/PE), junto com o Javé-Nossa Justiça, mais os médicos Lamartine Hollanda e Keila Tenório, a terapeuta ocupacional Marialuisa Hollanda, o administrador José Augusto Sarmento e o advogado e pastor da Igreja do Nazareno do Brasil, Sérgio Borba, adotaram uma bandeira pela vida.

Pesquisas de Iraponan de Arruda, coordenador executivo do CPV/PE, indicam que a cada ano são realizados, no mundo, cerca de 50 milhões de abortos. Se comparado ao Holocausto (o assassinato, concebido por Adolf Hitler, de 55 milhões de judeus durante a Segunda Guerra Mundial= 1939/1945), a diferença é pouca. Iraponan cita ainda o Relatório Kissinger (Henry Kissinger, Secretário de Estado dos EUA entre 1973/1979), que nos idos 1970 já preconizava o aborto como “a melhor ferramenta a ser empregada para inibir o crescimento da população em países emergentes”.

Coordenado pelo empresário Márcio Borba, o Javé apregoa que o aborto é crime, tendo sido apenas despenalizado nos casos de estupro e risco de vida da mãe, no que é abonado pelo especialista em psiquiatria, Lamartine Hollanda, que denuncia que organismos internacionais financiam uma campanha para se apropriarem de regiões semi-povoadas em todas as partes do mundo. “Um dos elementos principais dessa ação anti-nacionalista do capitalismo selvagem é evitar a proliferação dos pobres ditos inúteis”, completa.

A anestesista Keila Holanda, mãe de três filhas, afirma que, como cidadã brasileira, é a favor da vida. “Ocorre que a partir do momento em que houve o encontro do óvulo com o espermatozóide, passa a existir uma vida completamente implícita”, defende. “Nesse ovo já existem todas as informações necessárias à pessoa. Então, se eu vou matar uma criança que está com quatro, uma, ou dez semanas, é tudo a mesma coisa”, conclui.

Com relação aos casos das meninas engravidadas precocemente, Keila lembra que no tempo da mãe dela, hoje com 85 anos, as meninas se casavam aos 14, 12, 10 anos, e tinham filhos.

À luz da lei, o advogado e pastor Sérgio Borba enfoca o aborto como ilegal. “O Artigo 2 do Código Civil estabelece que a personalidade civil da pessoa começa no nascimento, mas a lei põe a salvo desde a concepção os direitos do nascituro”. Para ele, o aborto representa uma indignidade que se comete contra um ser humano indefeso.

O Javé defende a discussão dos temas que agridem a vida. “O aborto é o assassinato covarde e cruel da vida antes que o ser humano vislumbre a luz do dia”, afirma Márcio Borba. O Javé discute também o homossexualismo. “Se o mundo fosse homossexual, hoje, daqui a 100 anos a raça humana estaria extinta”, adverte. A instituição é contra a pedofilia, as drogas, a exploração da prostituição, a violência - que é a antítese da vida, e contra o ateísmo. “E dentro desse conceito é que, usando a palavra, lutamos intransigentemente contra o aborto”, finaliza.



Outros Artigos:


Misérias Humanas – A alienação e a inversão de valores
O feto não é uma coisa
Aborto: Contra ou a favor?
O Papel de Maria na história da salvação
Bento XVI e o ateísmo
Diálogo com um Filósofo Ateu
Aborto uma mensagem de reflexão
Aborto: Direito ou Crime?
Jesus e os abortistas
A PROPÓSITO DE UMA EXCOMUNHÃO
O momento do nascimento de um filho é único
Recife: A pedagogia de Jesus diante dos antigos e novos fariseus
O Desafio de ser Mãe
Pacto de São José da Costa Rica: uma arma poderosíssima
O VINHO E A ÀGUA.
Aborto: questão de saúde pública
Recife Sexual. Outro grande erro.
Você é a favor da discriminação aos homossexuais?”
Sereis como deuses...
Carta de um bebê
Semana Nacional da Vida e Dia do Nascituro
Controle populacional e homossexualismo
Universidade Mackenzie deveria parar de distribuir Bíblias?
Governo de Obama pisa na consciência dos cidadãos
Dupla gay Devassidão e Mentira ditam as ordens na imprensa
O MOVIMENTO DA SERPENTE - Diário de Pernambuco publica artigo de autoria do nosso coordenador Marcio Borba. O texto trata das armadilhas do homossexualismo.