Artigos
O Desafio de ser Mãe


Emília Moreira

“É importante perceber a floresta que cresce e não somente a floresta que cai”

Ser mãe é uma experiência única, maravilhosa e encantadora, mas também cheia de grandes desafios. Porém, é preciso crer que as dificuldades fazem parte do caminhar, mas possíveis de superar.
A cada sim de uma mulher para gerar e educar um filho, Deus continua sua obra de criação do mundo e da humanidade porque quando uma mulher se torna mãe, o mundo ganha mais uma oportunidade de se renovar. Isso mostra como o ser mãe é dotado de grande responsabilidade, mas que também é uma missão de suma importância.

É preciso ver o lado bom de ser mãe. Sem dúvida, as compensações são inúmeras, tanto individualmente, como coletivamente. Ao contrário do que muita gente pensa, que em virtude da superpopulação, escassez de alimentos, desajustes ambientais, dificuldades econômicas, entre outros grandes problemas vividos no planeta, o “colocar um filho no mundo” não é contribuir para o caos, mas para a superação dele. Já que, nascer faz parte do sentido da vida. Entender isso é respeitar a condição natural de ser humano e de convivência.

O grande diferencial está na forma como se encara o ser mãe e o ser pai. A esperança é um grande aliado. Ter a consciência de que cada um pode contribuir para um hoje mais fraterno e menos desigual, colabora com Deus no processo de recriar o mundo e dá um grande salto para uma humanidade mais qualificada. Afinal, a Paz começa em cada um de nós.

Cada gesto e cada olhar de uma mãe representam o AMOR, revelando Deus e seu projeto salvífico. Pois, o amor incondicional de uma mãe é matéria de salvação e esperança, não foi à toa que Deus quis que seu filho amado viesse ao mundo através do ventre de uma mulher.
Os desafios são muitos, no entanto, alguns possuem maior peso quando a inversão de valores e a crise ética vividas pela sociedade atual são levadas em conta.

Um deles é dialogar em todas as circunstâncias. O diálogo fortalece os vínculos, amadurece as relações e o próprio indivíduo; O outro seria dizer “não” na hora e medida certa, isso é estruturante do sujeito, afinal, quem ama, verdadeiramente, educa e diz não. O terceiro seria formar a consciência de que o ser é mais importante do que o ter, partindo do pressuposto de que somos a obra-prima de Deus.

Pontos como esses estão diretamente ligados ao maior de todos, o desafio de educar à luz de Cristo. A evangelização dos filhos demanda um grande esforço que vale a pena pois gera nos filhos o entendimento de que viver bem, significa conviver bem. Os valores cristãos norteiam qualquer pessoa para a felicidade plena, geram atitudes maduras e pessoas responsáveis em tudo que fazem.

É fundamental que nós mães abramos o coração a cada dia para a Graça de Deus porque assim o processo de educação se torna mais simples e prazeroso, além de que conseguiremos aderir ao real sentido da nossa missão como mães. Tomemos Maria, sua fé e suas ações como referência, pois ela viveu o amor maternal com simplicidade, paciência e compreensão, e com o mais importante: a consciência do seu papel como mãe.

Parabéns a todas as mulheres que assumiram, corajosamente, a missão de ser mãe e, principalmente, por indicarem aos filhos o caminho do Deus vivem.

Jesus, eu confio em Vós!
Graça e Paz a todos!
Emília Moreira - Jornalista



Arquivo para download: images.jpg

Outros Artigos:


Misérias Humanas – A alienação e a inversão de valores
O feto não é uma coisa
Aborto: Contra ou a favor?
O Papel de Maria na história da salvação
Bento XVI e o ateísmo
Diálogo com um Filósofo Ateu
Aborto uma mensagem de reflexão
Aborto: Direito ou Crime?
Jesus e os abortistas
A PROPÓSITO DE UMA EXCOMUNHÃO
O momento do nascimento de um filho é único
Recife: A pedagogia de Jesus diante dos antigos e novos fariseus
Pacto de São José da Costa Rica: uma arma poderosíssima
O VINHO E A ÀGUA.
Aborto: questão de saúde pública
Recife Sexual. Outro grande erro.
Você é a favor da discriminação aos homossexuais?”
Sereis como deuses...
Grupo discute aborto e temas contra a vida
Carta de um bebê
Semana Nacional da Vida e Dia do Nascituro
Controle populacional e homossexualismo
Universidade Mackenzie deveria parar de distribuir Bíblias?
Governo de Obama pisa na consciência dos cidadãos
Dupla gay Devassidão e Mentira ditam as ordens na imprensa
O MOVIMENTO DA SERPENTE - Diário de Pernambuco publica artigo de autoria do nosso coordenador Marcio Borba. O texto trata das armadilhas do homossexualismo.