Artigos
O momento do nascimento de um filho é único


ANS- Agência Nacional de Saúde Suplementar e Bradesco Saúde

O momento do nascimento de um filho é único. É nesta hora que todos os cuidados são necessários para garantir a boa saúde, evitando problemas que podem se estender por toda a vida. Ao contrario das cesarianas, o parto natural é a prática que proporciona os melhores benefícios para a mãe e, principalmente, para a criança.


A cesariana aumenta os riscos de complicação de morte para a mulher e para o recém - nascido.

As cesarianas que são agendadas antes de a mulher entrar em trabalho de parto, aumentam as chances do bebê ser retirado prematuramente. Isto traz uma série de problemas que podem causar complicações graves. Conheça algumas das possíveis complicações das cesarianas sem indicação médica:

 Fetos nascido entre 36 e 38 semanas (parto prematuro) têm 120 vezes mais chances de desenvolver problemas respiratórios agudos e, em conseqüência, necessitar de internação em UTI neonatal do que aqueles nascidos com 39 semanas ou mais (parto a termo).

 As chances de a mulher sofrer uma hemorragia ou infecção no pós - parto também são maiores em caso de cesária, existindo ainda um risco aumentado de ocorrerem problemas em futuras gestações, como a ruptura do útero e o mau posicionamento da placenta.

 Separação abrupta e precoce entre mãe e filho, num momento primordial para o estabelecimento de vínculo, para uma melhor adaptação do recém-nato à vida extra - uterina e para o inicio do aleitamento materno.



O parto natural torna o momento do nascimento uma atitude saudável, privilegiando o contato mãe e filho e garantindo as condições ideais de saúde para o recém-nascido.


Quando a equipe de saúde possui uma atitude acolhedora, quando há estímulo para a participação de acompanhante durante todo o trabalho de parto e no parto, quando a mulher é encorajada a ter uma postura ativa, movimentando-se durante o trabalho de parto, adotando posições nas quais se sinta mais confortável e tendo acesso a métodos para alívio da dor, a vivência do parto pode configurar-se como uma enriquecedora experiência de vida.

Dê mais valor à vida. Você tem o direito ao parto natural. Exija o direito de dar à luz por meio de parto natural, com autonomia e segurança, vivenciando esse momento especial de forma saudável e prazerosa.


Outros Artigos:


Misérias Humanas – A alienação e a inversão de valores
O feto não é uma coisa
Aborto: Contra ou a favor?
O Papel de Maria na história da salvação
Bento XVI e o ateísmo
Diálogo com um Filósofo Ateu
Aborto uma mensagem de reflexão
Aborto: Direito ou Crime?
Jesus e os abortistas
A PROPÓSITO DE UMA EXCOMUNHÃO
Recife: A pedagogia de Jesus diante dos antigos e novos fariseus
O Desafio de ser Mãe
Pacto de São José da Costa Rica: uma arma poderosíssima
O VINHO E A ÀGUA.
Aborto: questão de saúde pública
Recife Sexual. Outro grande erro.
Você é a favor da discriminação aos homossexuais?”
Sereis como deuses...
Grupo discute aborto e temas contra a vida
Carta de um bebê
Semana Nacional da Vida e Dia do Nascituro
Controle populacional e homossexualismo
Universidade Mackenzie deveria parar de distribuir Bíblias?
Governo de Obama pisa na consciência dos cidadãos
Dupla gay Devassidão e Mentira ditam as ordens na imprensa
O MOVIMENTO DA SERPENTE - Diário de Pernambuco publica artigo de autoria do nosso coordenador Marcio Borba. O texto trata das armadilhas do homossexualismo.